Pesquisar

Categoria: nutricionista

agosto 22, 2017
Realizar exames periodicamente ser muito importante para avaliar sua saúde, saber se há alterações hormonais, prevenir doenças… Fazer um check-up médico significa realizar vários exames médicos para garantir que está tudo bem com a saúde e diagnosticar precocemente alguma doença que pode ainda não ter manifestado sintomas.


Normalmente, a necessidade de se realizar um check-up depende do estado de saúde da pessoa, seu histórico de doenças e doenças familiares e a frequência com que deve fazer os exames deve ser decidido pelo clinico geral, que acompanha o indivíduo.
No entanto, na maioria dos casos é importante fazer exames de rotina com a seguinte frequência:
Adultos saudáveis 2 em 2 anos
Pessoas com doenças crônicas, como hipertensão, diabetes ou câncer
6 em 6 meses
Pacientes com fatores de risco, como obesidade, fumantes, sedentários, colesterol elevado
1 vez por ano
Além disso, os pacientes com fatores de risco para desenvolver problemas, principalmente cardíacos, devem ter especial atenção à sua saúde, estando atento a alterações no organismo, como cansaço fácil ou dor no peito, por exemplo.
Neste caso, é fundamental fazer exames mais específicos a partir dos 30 anos, no caso do homem e, a partir dos 40 no caso da mulher. 

Exames mais comuns

O check-up médico básico que deve ser feito por homens e mulheres e inclui exames, como:
  • Exame de sangue, como hemograma completo;
  • Análises de urina e fezes;
  • Eletrocardiograma, que é um exame do coração;
  • Exame oftalmológico, para avaliar a visão.
Esses exames do check-up dão informações sobre o funcionamento de alguns órgãos e sistemas, como rins, visão, fígado ou coração, por exemplo e, podem ser úteis na pesquisa de parasita e vírus no organismo, assim como condições do sangue, como anemia, leucemia, níveis de açúcar e ferro, entre outros dados.
Além disso, as mulheres saudáveis também devem realizar o Papanicolau também chamado de preventivo. Os homens devem realizar um exame de ultrassonografia e PSA, para avaliar a próstata.

Check-up para fumantes

O check-up para fumantes inclui exames como:
  • Hemograma completo, glicemia, colesterol, proteína C reativa;
  • Análise de marcadores tumorais, como Alfa-fetoproteína, CEA, AG. NSE, CA 19.9;
  • Exame de urina e fezes;
  • Analise de expectoração, com pesquisa de células cancerígenas;
  • Espirometria com avaliação de função respiratória;
  • Eletrocardiograma com prova de esforço.
  • TAC ao tórax;
Estes exames visam principalmente despistar doenças comuns entre os fumantes como a doença cardiorrespiratória e câncer de pulmão, por exemplo.

Fonte: https://www.tuasaude.com/check-up-medico/

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG OU CLIQUE CURTIR NA PÁGINA DO FACEBOOK PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: http://www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco
ACOMPANHE TAMBÉM PELO INSTAGRAM: @NUTRI.ALINE

maio 8, 2013
Se você pensa que pode trocar um tipo de alimento pelo outro, apenas considerendo as calorias, veja como alguns deles afetam a função cerebral, aumentando até a incidência de depressão.

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline
março 7, 2013

*Extraído do Blog “De repente trintei”

Conheça-se melhor e perca peso de forma mais eficiente! Assim, você pode mudar hábitos e se alimentar de uma forma mais eficiente para emagrecer! 



Para quem luta contra a balança incansavelmente e não consegue grandes vitórias, é melhor dar uma atenção especial à sua personalidade! Foi o que descobriu o neurologista norte-americano Daniel Amen. No livro The Amen Solution: The Brain Healthy Way to Lose Weight and Keep It Off (em tradução livre, “A solução de Amen: o caminho saudável do cérebro para perder peso e não recuperá-lo”), ele define quatro tipos de “comedores”: compulsivo, impulsivo, emotivo e ansioso. Amen não sugere um cardápio, mas indica os alimentos ideais para cada tipo de perfil.
No mesmo livro, o neurologista afirma ainda que praticar atividades físicas regularmente também é importante para ajudar a equilibrar os traços mais marcantes de cada personalidade. Descubra qual é a sua e elimine de vez a gordurinha extra.
TIPO 1. 
Pensa em comida o tempo inteiro
Você é COMPULSIVA e se preocupa com comida a todo instante.
Mudança de comportamento: Em vez de focar seu desejo na comida, procure outro alvo! Comece a ler os rótulos dos alimentos e escolha opções mais saudáveis. Invista em exercícios físicos que lhe deem prazer e use esse sentimento a seu favor.
O que é melhor comer? Evite muita proteína (como carnes), porque o nutriente aumenta a compulsão. Opte por alimentos ricos em triptofano, substância que aumenta o nível de serotonina e a sensação de bem-estar. É encontrada em alimentos como mel, banana, ovo, uva, brócoli e feijão-branco.
TIPO 2.
Come tudo o que vê pela frente
Você é do tipo IMPULSIVA e não consegue seguir uma dieta por causa da falta de controle.
Mudança de comportamento: Encha a geladeira com alimentos saudáveis. Evite comprar salgadinhos, chocolates e comidinhas que só vão detonar sua meta de perder peso.
O que é melhor comer? Evite carboidratos complexos (arroz branco e pão), pois a saciedade que eles provocam dura pouco. Coma proteína e alimentos ricos em tirosina. Isso eleva a produção de dopamina (neurotransmissor ligado à sensação de prazer) e controla o apetite. Invista em carnes magras, feijão-preto, castanhas, leite e chá-verde.
TIPO 3.
Desconta a frustração na comida
Você é uma pessoa EMOTIVA. Busca aconchego e felicidade na comida, mas sente culpa depois de comer.
Mudança de comportamento: Quando você começar a se sentir estressada, frustrada ou triste, em vez de atacar a geladeira, tente melhorar seu humor usando outros tipos de recursos. Ligue para as amigas ou saia para dar uma volta. Procure atividades que não engordem e sejam capazes de lhe dar prazer.
O que é melhor comer? Prefira alimentos com poderes calmantes. Aumente o consumo de ômega-3 (presente no salmão e na sardinha), grãos (sementes de linhaça e chia), verduras escuras e azeite.
TIPO 4. 
Precisa mastigar o tempo todo
Esse é o caso da mulher ANSIOSA. Se você sofre com tensões musculares, rói as unhas, tem dores de cabeça frequentes e vive mascando chicletes ou guloseimas, faz parte desse grupo.
Mudança de comportamento: Respire fundo várias vezes ao dia. Procure fazer atividades relaxantes, como meditação. Só vá ao mercado com uma lista de compras em mãos.
O que é melhor comer? Evite dietas muito restritivas, porque vão deixá-la mais ansiosa, e bebidas com cafeína. Invista em espinafre, aveia e lentilha, pois são ricos em taurina e vitamina B6, que estimulam a liberação de neurotransmissores redutores de estresse.
Lembre-se de que não existem dietas milagrosas e sim mudanças de comportamento aliadas a atividades físicas e um estilo de vida mais saudável. Sempre quando posto algo que pode auxiliar na perda de peso (muitas vezes que eu testei, no caso do whey protein, as pessoas dizem que não acreditam) pois, na verdade, elas esperam milagres… fato este que se tratando de peso NÃO EXISTE! Se fosse assim não existiriam pessoas acima do peso no mundo! O que existe é uma pessoa que resolve mudar de vida e de hábitos a fim de colher resultados duradouros e uma saúde melhor!

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline

fevereiro 17, 2012
Chegou o Carnaval e, com ele, quase 5 dias de descanso. Seja sua opção cair na folia, ficar na praia ou relaxar em churrascos com amigos, esta data nosmalmente é contemplada com bebidas alcóolicas. Se você conseguir ficar longe delas, melhor ainda. Caso contrário, vamos aprender a atravessar este desafio com o menor prejuízo para seu corpo possível?   1) A primeira grande dica, para quem vai consumir bebidas alcoolicas é fazer uma refeição balanceada antes. Se for para uma festa de Carnaval, por exemplo, consuma um sanduíche de pão integral, queijo branco, peito de peru, alface e tomate, por exemplo, para ter energia e, ao mesmo tempo, garantir que a bebida não vai “subir” muito rápido, fazendo você passar mal. Nunca beba em jejum. Caso vá dançar, procure não comer nada muito pesado também.
2) Lembre-se que as bebidas são muito calóricas. Consulte a tabela abaixo e não exagere! Desaconselho a escolha da cerveja, por exemplo, que é consumida em graaaandes quantidades, a noite toda e a pessoa nem percebe.

3) A cada copo de bebida, um copo de água. Sem exceções!

4) Antes de dormir, beba mais água e deixe um copo ao lado da cama. Se poss’vel tome também um isotônico ou uma água de coco, para reidratar o corpo e evitar a “ressaca”.
5) No dia seguinte, um café com sucos desintoxicantes, água de coco, fibras, aveia, frutas ricas em potássio (banana, melão, manga, lanranja…) será muito bem vindo.
Bom Carnaval!!!
Beijinhos

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline
fevereiro 13, 2012

Tomar leite favorece à nossa saúdeFonte: Carmo Gallo Netto – Jornal da Unicamp (Adaptado e comentado)

Acusações ao leite

O leite de vaca tornou-se um alimento polêmico.

Existe o consenso de que as crianças devem tomar leite, desde que não apresentem hipersensibilidade às suas proteínas, intolerância à lactose ou manifestem outros fatores impeditivos.

Quanto aos adultos, a ingestão de leite é controversa. O leite é visto como causador de alergias – principalmente, sua fração proteica -, intolerância à lactose, asma, rinite, aumento da produção de secreções mucosas, diabetes, catarata, câncer do ovário, entre outras doenças.

Ademais, a despeito dos avanços da indústria de laticínios – que com o desenvolvimento de novas técnicas de processamento têm possibilitado a obtenção de produtos mais seguros do ponto de vista higiênico-sanitário -, ainda assim existem problemas de contaminação do leite por antibióticos, micotoxinas, hormônios e pesticidas agrícolas – além da ocorrência de fraudes.

VANTAGENS

Entretanto, o leite e seus derivados constituem importantes fontes de minerais, vitaminas e proteínas de alto valor biológico. O produto contém nutrientes capazes de modular funções fisiológicas específicas, o que o torna fonte de ingredientes funcionais promotores da imunomodulação – estimulação do sistema imune.
O consumo de leite está associado à prevenção de osteoporose, hipertensão arterial, ao controle do peso corpóreo e até a modulação da gordura corporal, entre outros fatores. Ele contribui também na atividade antimicrobiana e antiviral.
O consumidor, ao se defrontar com problemas e benefícios associados à ingestão de leite, se sente sem rumo e em geral não encontra orientação consensual entre os profissionais da saúde.

A Pesquisa

Motivada pela polêmica e pela desorientação envolvendo o consumo de leite por adultos, a pesquisadora Adriane Elisabete Antunes de Moraes, professora da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, campus de Limeira, uniu-se à pesquisadora Maria Teresa Bertoldo Pacheco, do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), com o objetivo de realizar uma revisão abrangente da literatura científica envolvendo o tema.

Do trabalho resultou o livro Leite para adultos: mitos e fatos frente à ciência, editado por elas, também autoras de vários dos capítulos.

MITOS

Tribunal científico: adultos devem ou não tomar leite?Entre os mitos analisados no livro, a docente destaca a afirmação de que o homem é o único animal que continua ingerindo leite na fase adulta. Preciso comentar com você que o homem também é o único mamífero que fala, dirige, mexe no computador, fala no celular e comanda as outras espécies.

A pesquisadora rebate dizendo que os animais mamíferos adultos também bebem leite desde que lhes seja ofertado e isso não acontece por se tratar de um alimento caro. (Quem nunca viu um gatinho bebendo leite?) O desmame dos animais ocorre porque o leite precisa ser preservado para as novas crias. A propósito, ela lembra que o soro do leite resultante da fabricação do queijo é utilizado para alimentar porcos adultos.

Constitui para ela outro mito a afirmação de que o homem não necessita incluir leite na sua dieta. Ela diz que isso até pode ser verdadeiro desde que se fique atento a outras fontes de cálcio, o que não é fácil. E esclarece: “Todo cálcio que o ser humano precisa pode vir dos vegetais, a exemplo do que acontece com animais como girafa e elefantes, que vivem de folhas. Mas a comparação dificilmente atende às necessidades humanas porque os animais passam muitas horas do dia se alimentando. A biodisponibilidade de cálcio nas folhas é pequena comparada ao leite e existem ainda alguns fatores antinutricionais que dificultam sua absorção, o que torna seu aproveitamento mais difícil”.

Ela afirma que quem não consome leite e derivados e não se alimenta de vegetais ricos em cálcio poderá vir a desenvolver osteoporose.

A pesquisadora lembra que à exceção da manteiga, que é obtida da porção gordurosa do leite, a grande fonte de cálcio é constituída pelo leite e derivados. Três copos, do tipo americano, de leite diários são suficientes para atender cerca de 75% das recomendações nutricionais do organismo. Para obter as mesmas quantidades de cálcio, com a ingestão do leite, é necessário o consumo de um grande volume de vegetais, o que não é frequentemente observado na dieta da maioria das pessoas.

Intolerância à lactose

Essa intolerância é decorrente de o organismo cessar ou reduzir a produção da enzima que quebra esse açúcar.  A professora explica que certas pessoas depois do desmame perdem a capacidade de secretar essa enzima ou a produzem menos.

Aí surgem os sintomas da intolerância, como diarreia osmótica, cólicas, flatulência, dor e distensão abdominal. Como mostra o livro, essa intolerância está relacionada também a fatores raciais. Não pense que você tem alergia apenas porque é adulto. A princípio, a probabilidade é que você não tenha e o leite faça bem para você. Lembre-se que também existem pessoas alérgicas à soja, por exemplo.

No Brasil, devido à miscigenação, apenas 25% da população apresenta intolerância à lactose, (diferente dos 99% que muitos vem dizendo) porcentagem muito baixa em relação à de muitos países. E o leite sem lactose, Zymil, Sensy da Batavo resolvem este problema, deixando apenas os benefícios.  Na África, na China e no Japão quase toda a polução é intolerante a esse açúcar. Mas em países como a Nova Zelândia, Austrália e em regiões como o norte europeu a intolerância à lactose é mínima.

Adriane explica que essa adaptação orgânica está relacionada a fatores históricos, envolvendo domesticação do gado e consumo de produtos lácteos que propiciaram uma mutação genética que favorece a produção da enzima necessária para quebra do açúcar do leite. Ou seja, a intolerância original à lactose foi se modificando com o consumo de leite, o que não aconteceu com os que não o utilizavam em suas dietas.

Para ressaltar a importância alimentar do leite e o seu papel como alimento funcional, a pesquisadora lembra que a China, onde tradicionalmente não se consome o produto, ele começa a ser introduzido, naturalmente sem lactose. Com a decisão, o governo pretende não só reduzir os altíssimos índices de osteoporose verificados no país como o problema da baixa estatura da população.

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline
2 fevereiro 3, 2012

Um estudo realizado pela Universidade de Toronto, no Canadá, e publicado pela Sociedade Americana de Ciências Nutricionais (The American Society for Nutritional Sciences) em maio de 2005, mostrou que a substituição de carboidrato por proteina na dieta diária ajuda a reduzir a obesidade abdominal na população. Vários grupos étnicos foram pesquisados neste estudo obtendo-se um resultado semelhante em todos.

Substituir 5 colheres de sopa de arroz ou 1 prato cheio de massa por 1 filé de frango ou de carne ajuda pessoas saudáveis a manter a linha e evitar o acúmullo de gordura visceral. Esta gordura, que se deposita nos órgãos internos, está relacionada com doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes, além de deixar o abdomen inflado e inestético, o temido barrigão.

Para se evitar o ganho de peso, que vem com o passar dos anos e a redução da atividade física, é essencial incorporar a dupla filé e folhas no cardápio diário e reduzir o consumo de carboidratos como arroz, batata, pães e massa. Legumes, verduras, leguminosas (como os feijões) e frutas fornecem carboidratos, muitas vitaminas e minerais, são pobres em calorias e ricos em fibras. A silhueta e a saúde agradecem.

Fonte: The American Society for Nutritional Sciences J. Nutr. May 2005

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline

dezembro 29, 2011
SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline
dezembro 9, 2011

Hoje vamos abordar um tema muito importante no emagrecimento: a MANUTENÇÃO! É comum que seja muito mais fácil emagrecer que manter o peso perdido longe. Quantas pessoas você conhece que emagreceram e depois recuperaram todo peso e ainda acumularam peso extra? Para evitar que isso aconteça, diversas medidas devem ser tomadas, inclusive durante o processo de emagrecimento, para que a pessoa esteja psicologica e metabolicamente em condições de alcançar a manutenção do peso. Algumas delas seriam:

* Emagrecer com um Programa Alimentar individualizado, que considere sua rotina, preferências, paladar e necessidades. Desta forma, se inicia uma reeducação alimentar. Se a alimentação for saborosa e prática, será fácil segui-la sempre.
* Praticar atividade física durante todo o processo de emagrecimento, em busca não só de queimar calorias, mas sim de aumentar a quantidade de massa muscular e, assim, acelerar o metabolismo.
* Aprender, durante o emagrecimento, quais são os alimentos que trazem maior saciedade, aqueles que devem ter seu consumo moderado, os que aceleram o metabolismo, os que melhoram o funcionamento intestinal… Essas informações devem ser guardadas, pois se quiser manter o peso, precisará também manter hábitos saudáveis.
*Ao terminar de emagrecer, continuar com acompanhamento nutricional, com uma Programa Alimentar para manutenção de peso, também individualizado. As pessoas muitas vezes como era sua rotina antes, sabem exatamente como emagrecer, mas não têm a menor idéia de como manter o peso, de que alimentos pode acrescentar à sua dieta… Só pare o tratamento, quando tiver alta, ok?
* Continuar praticando atividades físicas.
*Acompanhe sempre seu peso. As pessoas não devem se conformar a ganhar 1 ou 2 kg, mesmo depois de emagrecer 20 kg. Lembre-se de tomar atitudes quando o ganho ainda for pequeno e o caminho de volta será rápido e fácil.
*Mantenha um diário alimentar por quanto tempo puder, para que tenha exata idéia do que está comendo. Assim, você não começará a fazer pequenos acrescimos, que somados, levam ao aumento do peso.

Uma pessoa que tem tendência a ganhar peso nunca deixará de ser assim, mesmo depois de emagrecer. Então, ela deve se conformar com o fato de que terá que se controlar para o resto da vida. Alcançar a perda de peso ideal não é motivo para deixar de praticar atividade física, comer corretamente e frequentar um especialista. (Veja, 07/11/2011)

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG  POR EMAIL NO LINK AO LADO DESTE POST
OU CLIQUE CURTIR NO FACEBOOK NA FAN PAGE ABAIXO, PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

Instagram: @nutri.aline
3 novembro 23, 2011

Olá! Atendendo à pedidos, agora teremos um espaço, para que você possa sugerir o tema do próximo post. Pode ser “o que comer na praia”, “dieta nunca mais”, “para que serve o IMC” ou o que mais você imaginar!

Liberei o campo de comentários! O que você quer ler?

Sugira  seu tema e compartilhe para que seus amigos possam fazer o mesmo!

Beijos e obrigada!


SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG OU CLIQUE CURTIR NA PÁGINA DO FACEBOOK PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: http://www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco

novembro 16, 2011

 

Erro 6 – Pular refeições


Quem deixa de comer durante o dia, ou terá um problema de desnutrição ou não conseguirá manter a restrição alimentar até a noite. Então, somando fome, ansiedade e o estresse acumulado do dia-a-dia, aquele que pulou refeições comerá pior, em maior quantidade e mais rápido à noite, um período do dia em que o organismo está programada para armazenar, e não gastar, energia. Além disso, os médicos afirmam que pular refeições não emagrece. Mesmo em busca da perda de peso, todos devem comer em torno de 5 vezes ao dia.

Erro 7 – Exagerar nas atividades físicas


Quem sempre foi sedentário ou está desacostumado a fazer exercícios físicos deve começar aos poucos com as atividades. Caminhadas regulares são as práticas mais indicadas para quem está começando. Iniciar as atividades com esportes violentos ou que exijam muito do corpo pode causar lesões e interromper precocemente algo que deveria ser progressivo. Além disso, é perigoso para pessoas com obesidade que geralmente apresentam problemas cardiovasculares.

Adaptado da Revista Veja – 07/11/2011

DICA DA NUTRICIONISTA: Fazer todas as refeições e lanches é importantíssimo para que o emagrecimento ocorra e o metabolismo se mantenha ativo! Estudos mostram que pessoas que realizam um bom café da manhã, tendem a comer menos durante o dia e serem mais magras. Lembre-se, se você ficar em jejum e com isso deixar o metabolismo lento, terá passado fome sem nenhum benefício! Procure o caminho certo para emagrecer!

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG OU CLIQUE CURTIR NA PÁGINA DO FACEBOOK PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: http://www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco