Pesquisar

Comida japonesa é realmente light?

abril 22, 2018

A comida japonesa tem fama de ser “light”, mas será que é mesmo? Você sabia que um rodízio de comida japonesa pode ter calorias equivalentes a 3 BigMc? Como sempre falo aqui, salvo raros casos, libero à todos os pacientes pelo menos uma refeição livre por semana para comerem e beberem o que quiserem. Então, se for sua refeição livre, coma o que quiser e seja feliz! ?Mas e se não for a refeição livre? Não está liberado, nutri? Bom, nada está proibido, mas teremos que administrar da melhor forma. Minha dica costuma ser comer meio prato de salada e/ou verduras nos restaurantes normais, o que ajuda a diminuir a fome e comer menos da comida mais calórica. No japonês não servem salada, então temos que ser mais atentos, para não comer o dobro das calorias. Poderia escolher um Teppanyaki, com grelhado e legumes por exemplo, mas e no caso do Rodízio? As dicas:

  1. Utilize o shoyo light e não exagere na quantidade, para evitar a retenção hídrica.
  2. Peça o shimegi/shitake sem manteiga ou azeite e coma uma boa porção, com pouco shoyo.
  3. Cuidado com tarê (contém açúcar), cream cheese e maionese, que são muito gordurosos.
  4. Evite empanados, frituras e molhos que contêm muito açúcar e/ou sódio. Cuidado com o hot roll, tempurá, lula à dorê,
  5. camarão empanado e outros mais que são fritos e/ou empanados.

DÊ UMA FORÇA E MARQUE SEU AMIGO QUE GOSTARIA DE EMAGRECER!

Deixa sugestões de posts nos comentários!

Beijos,
Aline Lamarco
Nutricionista Esportiva Alphaville – CRN3: 17.183

Postado em Blog por Aline Lamarco | Tags:

Deixe um comentário